Entre em contato conosco

Automobilismo

IMSA informa detalhes da temporada 2022

Publicado:

em

No próximo ano o torneio norte-americano de endurance estreia a nova classe GTD Pro, com os modelos GT3 apoiados pelas montadoras

Compartilhe esta publicação

IMSA anuncia nesta sexta-feira, 7, novos detalhes sobre a temporada de 2022. O presidente do torneio, John Doonan, compartilhou percepções do futuro com o calendário do ano que vem e informações das classes GTD Pro e GTD.

Começando pelo calendário, na próxima temporada teremos 13 etapas, começando com uma corrida classificatória para as tradicionais 24 Horas de Daytona e terminando numa prova de 10 horas, a Motul Petit Le Mans, no Michelin Raceway Road Atlanta. Durante o ano, em todas as provas teremos os GTD correndo, seja a GTD Pro ou a GTD já existente no atual regulamento – no caso de Lime Rock Park e Virginia International Raceway, apenas as duas classes de carros GT3. A menor prova será em Belle Isle Park, Detroit, contando com 100 minutos de duração com os DPi’s e GTD’s. O calendário completo você encontra abaixo:

A estrutura do IMSA GT está definida

Com a GTD Pro vindo para substituir a GTLM (Le Mans) em 2022, as duas classes do IMSA serão dos GT3’s, usando as mesmas especificações técnicas. A GTD Pro é para pilotos Pro, com programas de suporte de fábrica. Já a GTD, segue sendo para equipes clientes e pilotos Pro/Am.

As duas classes utilizarão pneus Michelin, com especificações S9M e terão a mesma quantidade de ‘jogos’ por evento. Além de que, terão de utilizar os pneus da classificação para começar a corrida.

O IMSA cuidará das classes como uma só, a partir de uma visão do BoP (equilíbrio de performance), embora o torneio retenha o direito de manter a equivalência competitiva entre os carros de cada classe e entre as classes.

As regras de pit-stop mantêm-se as mesmas. Os pilotos de ambas classes terão de cumprir um tempo mínimo de pilotagem. Aqueles que farão a classificação da GTD deverão ser classificados como bronze ou prata, enquanto os da GTD Pro poderão utilizar qualquer um de seus representantes.

O futuro do IMSA

O presidente do campeonato também declarou que a categoria segue com transmissão na NBC Sports, e também com a chegada das classes LMDh-LMh e os GTs, muitas montadoras podem anunciar a participação na categoria, com projetos de longo prazo.

“Estamos à beira de uma nova era incrível para a IMSA e as corridas de carros esportivos em todo o mundo”, disse o presidente do campeonato, John Doonan. “A temporada de 2022 reforça um dos maiores pontos fortes da IMSA, que é nossa enorme coleção de eventos, instalações e promotores.”

“Vamos restabelecer e simplificar nossa plataforma GT através do GTD PRO e GTD e nos preparar para a introdução da nova categoria de protótipos em 2023, ao mesmo tempo que reconhecemos o sucesso considerável do Daytona Prototype International (DPi) em sua temporada final”.

Texto de Davih Meyer

– Imagens: IMSA (Site oficial – Reprodução)

Compartilhe esta publicação