Entre em contato conosco

Fórmula 1

Alpha Tauri apresenta novo carro e piloto para 2021

Publicado:

em

Alpha Tauri

Equipe de Faenza mira a liderança do pelotão do meio

Compartilhe esta publicação

Na sexta-feira (19) a Alpha Tauri lançou o carro que disputará a temporada de 2021, mas a grande novidade da equipe está atrás do volante. É que a equipe italiana tem um novo piloto, o japonês Yuki Tsunoda.

Falando do carro, a primeira diferença entre o AT02 e o AT01 é a pintura. O AT02 tem o azul marinho como cor predominante. Apesar de serem bem parecidos, a Alpha teve dois focos durante a criação do novo carro, desenvolvimento aerodinâmico para combater a perda de downforce que vem com o novo regulamento técnico.

“Com as mudanças aerodinâmicas buscando uma redução no downforce, há muitas mudanças que tivemos de fazer no assoalho, no difusor e nos dutos traseiros de freio. Isso exigiu muito trabalho até otimizar tudo. Os números crus de aerodinâmica foram afetados, mas trabalhamos pesado para recuperar isso e melhorar a janela de operação do carro. Quão rápido seremos? Não é algo que dá para dizer ainda. Levando tudo em conta, esperamos um nível de performance semelhante ao visto em 2020”, revelou o diretor técnico Jody Egginton.

Imagem: Divulgação/Alpha Tauri

A segunda área de foco da equipe foi o reaproveitamento de peças usadas pela Red Bull em 2020. A vantagem está no fato de que as peças já foram testadas e bem sucedidas.

“Para 2021, decidimos seguir com o mesmo design de suspensão traseira e de câmbio de 2020. Usamos dois tokens (moeda da Fórmula 1) para o novo bico, além de redesenhar a parte externa da suspensão dianteira. Por consequência, decidimos atualizar alguns elementos do volante, cedidos pela Red Bull, para a versão de 2020”, apontou Egginton.

O bico do AT02 citado pelo diretor é mesmo diferente, é mais curvado que o de 2020.

Imagem: Divulgação/Alpha Tauri

Com o sucesso em 2020, com Gasly vencendo o GP de Monza, é fácil entender porque a equipe foi até conservadora com as mudanças no carro. O AT01 já foi bem sucedido. O objetivo para este ano é superar o anterior e conseguir se estabelecer na frente do pelotão do meio.

“A Alpha Tauri era, em 2020, uma equipe de meio de grid, mas que conseguia lutar dignamente com times como McLaren, Renault e Racing Point, mas a meta para 2021 é estar constantemente na frente do pelotão do meio e evoluir no futuro. Para atingir isso, precisamos evitar problemas de confiabilidade e terminar todas as corridas nos pontos. Mas isso só vai acontecer se a gente não cometer erro algum, precisamos estar 100% focados no nosso trabalho, corrida após corrida, dentro e fora da pista, porque nossos adversários são duros. Vamos fazer nosso melhor para garantir um bom espetáculo para os fãs, que espero poder ver em breve, e para todos os nossos parceiros” disse Franz Tost, o chefe de equipe da Alpha.

Agora falando do novo piloto, Yuki Tsunoda foi o terceiro colocado na F2 em 2020 e vai formar dupla com Pierre Gasly, um dos destaques do ano passado. Fazem sete anos que um piloto japonês não integra o grid da F1, o último foi Kamui Kobayashi pela extinta equipe Caterham.

Imagem: Divulgação/Alpha Tauri

“Teremos uma dupla interessante formada por um piloto experiente e um novato. Coloco Pierre como um dos melhores da atualidade. Ele tem boa técnica e isso faz com que tire tudo do carro. Ele também conhece o time bem, está familiarizado a todos os procedimentos e métodos de trabalho, vai ser um bom líder e ajudar Yuki a se desenvolver. Sabe vencer corridas, espero um ano de muito sucesso para Gasly em 2021. E aí temos Yuki, que foi terceiro na F2 e, vendo as corridas dele ano passado, preciso dizer que fez um trabalho fantástico, vencendo provas, fazendo ultrapassagens impressionantes. Yuki já fez alguns testes de F1 e estou certo de que vai ter sucesso pela velocidade natural e pelo talento”, afirmou Tost.

Imagem: Divulgação/Alpha Tauri

No dia do lançamento do carro, Pierre Gasly disse estar preparado para liderar a equipe e que sabe que Tsunoda é rápido o que deve contribuir ainda mais com o objetivo da Alpha.

A chegada do Yuki significa que terei mais responsabilidades, e eu estou pronto para ser o líder da equipe. Ele [Tsunoda] é um cara competitivo e que já mostrou do que é capaz na F2. Falta experiência para ele, então as coisas nem sempre serão fáceis, mas acho que ele tem talento A chegada dele não muda muito minha abordagem, que será a mesma que tive no ano passado, quando extraímos tudo do carro”, revelou Gasly

“Meu maior objetivo para esta temporada é aprender rápido e entregar resultados. Vou sempre fazer o meu melhor e vamos ver com a temporada se desenvolve”, disse Tsunoda. “O Pierre é rápido e já tem uma vitória na F1. O primeiro objetivo de todo piloto é superar seu companheiro, mas ele vai ser difícil de superar. Ele é muito talentoso e estou animado em aprender o máximo possível com ele nesta temporada, principalmente vendo como ela já é bem integrada à equipe”, contou.

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *