Entre em contato conosco

Fórmula 1

Alfa Romeo investe em aerodinâmica para melhorar desempenho

Publicado:

em

Alfa Romeo

Equipe apresentou o novo carro, mas manteve dupla de pilotos

Compartilhe esta publicação

A Alfa Romeo foi a terceira das dez equipes a lançar o carro para a temporada 2021. O C41 foi apresentado nesta segunda-feira (22) na Polônia, porque o maior patrocinador é uma empresa petrolífera do país.

Depois de um desastroso 2020, no qual a equipe lutou somente contra Haas, que tem o mesmo motor Ferrari, e Willians e terminou em oitavo, a Alfa está buscando se recuperar.

O C41 terá o mesmo motor Ferrari, e para lutar com as limitações da unidade potência, a equipe aposta no desenvolvimento da aerodinâmica. A primeira mudança é o bico, mais fino e com alterações na entrada de ar na dianteira. A próxima mudança é a tampa do motor, que está mais compacta. Outras mudanças menores estão na asa traseira, nos sidepods e nos bargeboards.

Imagem: Divulgação/ Alfa Romeo

“O C41 é o resultado de uma situação muito inusitada na Fórmula 1, com o regulamento nos impossibilitando de desenvolver um carro inteiramente novo para esse ano. Por esse motivo, nosso carro de 2021 tem muitos pontos em comum com o C39, com a exceção do bico, com o qual investimos nossos dois tokens (moeda da Fórmula 1), e de elementos que o regulamento nos forçou a mudar, como o assoalho. Vamos conhecer o carro bem melhor do que costumamos conhecer nos testes, mas vai ser crucial fazer o melhor nesses três dias para checar se a realidade bate com nossas expectativas”, contou o diretor técnico Jan Monchaux.

Porque tanto investimento em aerodinâmica? Bom em 2019 a equipe tinha se destacado no pelotão do meio, e caiu ano passado por conta do fraco motor desenvolvido pela Ferrari. A equipe de Maranello disse estar trabalhando nas falhas do motor, mas Alfa saiu a frente e buscou fazer o máximo que pode, dentro das limitações orçamentárias e de regulamentos, e voltar ao pelotão do meio, brigando por pontos.

“Sempre que se lança um carro, as expectativas são sempre altas, e estão ficando melhores. Vamos ver onde estamos no Barhein. O mais importante para a equipe é sempre melhorar, e o time está motivado para dar passo a passo”, disse o chefe da equipe, Frederic Vasseur.

Imagem: Divulgação/ Alfa Romeo

Mais uma diferença no C41 é a pintura. O branco ganha mais destaque em comparação com o modelo anterior. Já a dupla de pilotos não é novidade, a equipe segue com o experiente Kimmi Raikkonen e o jovem Antonio Giovinazzi. Ambos estiveram no lançamento do carro, além do piloto reserva Robert Kubica.

Imagem: Divulgação/ Alfa Romeo

“Primeiro de tudo, é sempre bom ver um novo carro, ainda estamos no desconhecido, há algumas mudanças que terão impacto. Esperamos estar melhores do que no ano passado, teremos uma ideia nos testes daqui a algumas semanas, mas só na primeira corrida saberemos onde estamos”, comentou Raikkonen.

Já Giovinazzi disse que depois de duas temporadas com a equipe, seu objetivo é chegar ao pódio em 2021.

“Meu sonho é chegar ao pódio com essa equipe, está no topo de minha lista, mas primeiro precisamos ver onde estamos em termos de desempenho e velocidade. Estou confiante de que podemos ir bem neste ano”, revelou. “Como todo ano, o objetivo é ir o melhor possível e marcar o máximo de pontos. Como piloto, quero continuar evoluindo, como consegui ano passado em relação à minha primeira temporada, quero dar mais um passo à frente. Como disse antes, anotar um pódio seria o maior sonho, pois é o que essa equipe merece”, comentou Giovinazzi.

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *