Entre em contato conosco

Fórmula 1

Valtteri Bottas é pole position em Portugal

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação

Imagem: Mercedes via LAT Images

A classificação para o Grande Prêmio de Portugal surpreendeu muitos. Valtteri Bottas (Mercedes) não vem tendo o melhor desempenho nas classificações e hoje superou Hamilton (Mercedes) e Verstappen (RBR), que eram as apostas da maioria para a primeira posição no grid.

“É um sentimento bom o de estar na pole! Parece que já faz um tempo…a classificação tem sido meu ponto fraco, mas temos trabalhado duro para este final de semana”, disse Bottas. “Isso me coloca numa boa posição para amanhã”, concluiu.

A diferença entre os pilotos da Mercedes foi de apenas sete milésimos.

“Foi um excelente trabalho do Valtteri. A minha volta não foi perfeita, mas dei tudo de mim”, declarou Hamilton.

Imagem: Mercedes

Já Verstappen estava visivelmente irritado. A primeira volta dele no Q3 foi de 1min18s209, tempo que daria a pole para ele, mas o holandês teve o tempo deletado por conta dos limites de pista.

“A classificação foi muito difícil de pilotar. Eu tive problemas com a aderência. Não é o ideal. Vamos tentar lutar na corrida”, relatou Max.

Q1 – a primeira etapa da classificação começou com muitos carros na pista e quanto mais voltas eram feitas, menores os tempos de volta ficavam. Lewis Hamilton foi o primeiro a romper a casa do 1min18s, mas acabou tendo o tempo deletado por ultrapassar os limites de pista.

Com dois minutos para o fim do Q1, Lando Norris (McLaren) marcou 1min18s794, assumiu a liderança temporariamente até que Bottas marcou 1min18s722.

Destaque positivo para Sebastian Vettel (Aston Martin) que vem sofrendo para se adaptar ao novo carro, mas passou para o Q2 enquanto Stroll não conseguiu o mesmo. É a primeira vez que o tetracampeão bate o companheiro na em classificações.

Foram eliminados Daniel Ricciardo (McLaren) em 16º, Lance Stroll (Aston Martin) em 17º, Nicholas Latifi (Williams) em 18º, e a dupla da Haas, Mick Schumacher 19º e Nikita Mazepin em 20º.

Imagem: McLaren

Q2 – na primeira volta cronometrada de Lewis Hamilton foi o primeiro piloto a romper a casa de 1min17s durante o final de semana. Com pneus médios o britânico marcou 1min17s968.

O destaque do Q2 ficou para Sebastian Vettel que passou para a terceira etapa da classificação pela primeira vez desde o GP da Inglaterra de 2020.

Ficaram de fora do Q3 George Russell (Williams) em 11º Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) em 12º, Fernando Alonso (Alpine) em 13º, Yuki Tsunoda (AlphaTauri) em 14º e Kimmi Raikkonen (Alfa Romeo) em 15º.

Imagem: Alpine

Q3 – a disputa pela pole position foi apertada e terminou com Bottas na frente com 1min18s348. A diferença entre o primeiro colocado e Vettel que ficou com a décima posição foi de 1.3s.

Completam o top 10, Hamilton larga em segundo, Verstappen em terceiro, Pérez (RBR) é o quarto, Sainz (Ferrari) o quinto, Ocon (Alpine) é sexto, Norris é sétimo, Leclerc (Ferrari) o oitavo e Gasly (AlphaTauri) na nona posição.

Imagem: Reprodução/F1

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *