Entre em contato conosco

Fórmula 1

Max Verstappen mais rápido no terceiro treino livre em Portugal

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação

Imagem: Red Bull Racing

A manhã do sábado de classificação para o GP de Portugal começou com novos limites de pista, a direção de prova adicionou a curvas 5 e 14 a lista que já tinha as curvas 1, 4 e 15.

A curva 5 fica no final da segunda zona de ativação do DRS portanto o objetivo da FIA é ajudar a evitar disputas sobre até onde os pilotos podem ir para se defender ou tomar uma posição na largada.

Com a luz verde, o terceiro treino livre em Portimão começou com Lance Stroll (Aston Martin) sendo o primeiro a ir para a pista, fez uma volta de reconhecimento e voltou aos boxes. Apenas com os carros da Haas ficaram e marcaram os primeiros tempos da manhã.

Imagem: Haas

Depois da Mercedes ter liderado a sexta-feira, a Red Bull foi a mais rápida com Max Verstappen marcando 1min18s489, o tempo mais rápido do final de semana até aqui. Lewis Hamilton (Mercedes) chegou a liderar o treino, mas acabou não conseguindo superar o holandês e ficou em segundo, seguido do companheiro Valtteri Bottas.

Já Sergio Pérez (RBR), que foi o primeiro piloto a romper a casa dos 1min18s acabou a manhã em quarto, apenas 0.020s atrás de Bottas. Em quinto, Esteban Ocon da Alpine, a equipe vem melhorando o desempenho em Portugal, e apesar de Alonso ter sido apenas o 14º neste TL3, o espanhol chegou a ser terceiro colocado, mas teve a volta deletada por exceder os limites de pista na curva 1.

A dupla da Ferrari, Charles Leclerc e Carlos Sainz terminaram em sexto e sétimo, respectivamente, com Lando Norris (McLaren) em oitavo, Pierre Gasly (AlphaTauri) em nono e Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) em décimo.

Imagem: Scuderia Ferrari

Manhã ruim para a Aston Martin, Lance Stroll foi 16º e Sebastian Vettel o 18º, a frente apenas de Nicholas Latifi (Williams) e Nikita Mazepin (Haas).

A classificação começa às 11h (horário de Brasília) e a disputa pela pole em Portimão promete ser acirrada entre a Mercedes e a Red Bull.

Imagem: Reprodução/F1

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *