Entre em contato conosco

Automobilismo

Pato O’Ward supera Palou e Veekay para vencer o GP do Alabama

Publicado:

em

Pato O’Ward se aproxima de pilotos da Penske na classificação do campeonato após P1 no Barber Motorsport Park

Compartilhe esta publicação

Pato O’Ward começa o emocionante mês de maio na IndyCar Series com vitória espetacular no Grande Prêmio do Alabama, a primeira do mexicano na temporada 2022. Alex Palou, atual campeão da categoria pela Chip Ganassi Racing, cruzou a linha de chegada na segunda posição menos de um segundo atrás do rival da McLaren. Rinus Veekay, o mais rápido do Fast Six no sábado e pole position da etapa, completou o pódio do Barber Motorsport Park em terceiro lugar.

“É um saco estar em guerra dentro de sua própria equipe, certo?” disse O’Ward. “Estou feliz que houveram conversas muito positivas para o futuro. Eu queria fazer isso por esses caras, pela Arrow, pela McLaren SP, Team Chevy. Eu estava cansado de ser 10º, 11º e quinto, então disse: ‘Vamos conquistar uma vitória para que possamos voltar à luta pelo campeonato’.

No momento da primeira parada nos boxes para troca de pneus e reabastecimento, Marcus Ericsson tratou de apressar-se junto dos mecânicos da Ganassi na tentativa de escalar algumas posições. Na volta seguinte foi a vez de Hélio Castroneves, Jack Harvey e Josef Newgarden seguirem a mesma estratégia.

Por volta do vigésimo giro no traçado do Alabama a liderança ainda era mantida por Veekay, que se posicionava dois segundos a frente de O’Ward. Scott McLaughlin, vencedor do GP de St. Pete, era o terceiro colocado naquele momento e perseguia o rival mexicano na luta pela P2.

A bandeira amarela como de costume foi acionada, dessa vez devido a um incidente envolvendo Callum Illot que teve o carro atolado na caixa de brita. Na relargada o top-3 se mantinha, mas logo atrás Alexander Rossi conseguiu levar a melhor em cima de Palou na briga pelo quarto lugar.

O resultado final da prova foi tomando forma já no final do último stint quando Pato assumia a liderança e pisava fundo para se distanciar de Palou. Nesse momento, Veekay era o terceiro colocado onde se manteria até receber a bandeira quadriculada. Os veteranos Will Power e Scott Dixon não alcançaram a galera mais jovem do grid e completaram o top-5. McLaughlin ficou com a P6 enquanto Romain Grosjean ultrapassava Graham Rahal na última volta para cruzar a linha de chegada em sétimo. Rossi e Colton Herta fecharam as dez primeiras colocações.

“O nº 5 (O’Ward) foi muito rápido hoje. Mas sim, estamos felizes com o carro nº 10 da American Legion Honda que foi super rápido neste fim de semana e outro pódio, então lutamos até o final. Não conseguimos hoje, mas vamos tentar vencer no próximo”, comenta Alex Palou, líder do campeonato com 144 pontos.

Na tabela de classificação, McLaughlin é o segundo atrás do espanhol com 141 pontos, seguido de Newgarden com 135, Power com 134 e O’Ward com 114. Dentre os novatos, o destaque na pontuação é de Christian Lundgaard que soma 57, acompanhado de Kyle Kirkwood na P2 e David Malukas na P3.

O mês ainda trará muitas emoções aos fãs, com o Grande Prêmio de Indianápolis no dia 14 e as tradicionais 500 Milhas de Indianápolis no dia 29.

Imagens: Joe Skibinski (IndyCar Series)

Compartilhe esta publicação