Entre em contato conosco

Automobilismo

Newgarden mantém dominância da Penske e conquista sua segunda vitória na temporada

Publicado:

em

3/3 para Penske! Com uma pilotagem consistente, Newgarden brigou até o fim pela vitória; Romain Grosjean e Alex Palou completaram o pódio.

Compartilhe esta publicação

 

 Grid de Largada

Colton Herta | Josef Newgarden
Alex Palou | Félix Rosenqvist
Alexander Rossi | Romain Grosjean
Will Power | Marcus Ericsson
Scott Mclaughlin | Simon Pagenaud
Pato O’ward | Kyle KirkWood
Graham Rahal | Helio Castroneves
Rinus Veekay | Scott Dixon
Defrancesco | Conor Daly
David Malukas | Christian Lundgaard
Jack Harvey | Callum Ilott
Takuma Sato | Dalton Kellet
Jimmie Johnson | Tatiana Calderon

Colton Herta bateu o recorde de Long Beach por quase um segundo para ganhar o NTT P1 Award, “Quando criança, sempre sonhei em me tornar piloto da INDYCAR, e isso foi por causa dessa corrida”, disse Herta.
“Conseguir a vitória no ano passado foi incrível, e chegamos à outra chance com a pole. É uma sensação incrível”.

Romain Grosjean parecia estar indo para a primeira fila, entretanto, lançou seu carro na barreira de pneus na curva 5 faltando 2 segundos para o fim da sessão. Pelas regras da categoria, Grosejan teve suas duas voltas mais rápidas anuladas por causar bandeira vermelha durante a classificação.

Jimmie Johnson sofreu um acidente no treino livre de sexta-feira e correu neste domingo, 10, usando uma tala personalizada de fibra de carbono.

 DRIVES, START YOUR ENGINES.

Herta se aproveitou da disputa entre Newgarden e Palou pelo P2 para largá-los para trás.

Rinus Veekay acertou a roda do Helinho tentando uma ultrapassagem. Aparentemente não houve danos para o brasileiro, que seguiu firme na pista conquistando posições, ao mesmo tempo que Veekay teve a asa danificada.

Trava tudo Rosenqvist! Rossi, Ericsson e Grosjean colocaram pressão no piloto holandês, tanto é que houve um contato entre ele e Rossi.
Grosjean e Power aproveitam para ultrapassa-lo também.
Enquanto isso, Dixon abriu os pits para as trocas do pneu faixa vermelha pelo preto.

Amarelas!

Muitos carros andaram escorregando para a barreira de pneus durante a classificação e ao decorrer da corrida não foi diferente!
A primeira bandeira amarela foi provocada na sexta volta por Dalton Kellett, que passou reto na curva 1 e bateu o bico.

Em seguida, contamos com Scott Mclaughlin beliscando o muro na saída do Hairpin, todavia, o neozelandês ainda conseguiu dar meia volta e seguir na direção certa, diferente de Defrancesco que rodou no mesmo trecho e, ao tentar fazer o retorno, acelerou e acertou o bico no muro.

Pole Position out!
Similar à Nashville, Colton Herta vai de encontro com o muro após dominar boa parte da corrida, “Bloqueei a roda e o carro não obedeceu. Foi isso”, declarou Colton.

Ainda na 60° volta, Simon Pagenaud se enroscou com Takuma Sato perto da fonte. O japonês seguiu viagem e Pagenaud permaneceu rodado, Veekay vinha logo atrás e foi acertado, de leve, por McLaughin. Para sair da pista, Pagenaud acelerou para dentro do jardim, ficando em meio às flores.

Com 19 para acabar, a Chip Ganassi enfrentou um problema no paraíso. Marcus Ericsson
bateu entre a 4 e 5, acertando seu companheiro Dixon.

E, faltando apenas 10 voltas, Jimmie Johnson acabou por rodar sozinho na curva 8. David Malukas não teve o que fazer e ficou enroscado com o #48.

Sato foi para a barreira de pneus com duas voltas para acabar, entretanto foi declarado bandeira branca e Newgarden, se defendendo de Romain Grosjean, venceu a terceira corrida da Penske, sua segunda nesta temporada.

“Esta foi uma luta hoje”, disse Newgarden. “Esta não foi uma corrida fácil de vencer. Eu estava trabalhando duro com Grosjean no final lá nos vermelhos usados (pneus alternativos Firestone). Este carro Hitachi estava nele. Estou tentando ganhar uma corrida aqui há 11 anos, então estou tão feliz por fazê-lo.”

 TOP10

1 – Josef Newgarden #2 (Team Penske)
2 – Romain Grosjean #28 (Andretti Autosport)
3 – Alex Palou #10 (Chip Ganassi Racing)
4 – Will Power #12 (Team Penske)
5 – Pato O’ward #5 (Seta Mclaren SP)
6 – Scott Dixon #9 (Chip Ganassi Racing)
7 – Graham Rahal #15 (Rahal Latterman Lanigan Racing)
8 – Alexander Rossi #27 (Andretti Autosport)
9 – Helio Castroneves #06 (Meyer Shank Racing)
10 – Kyle Kirkwood #14 (A.J Foyt)

O Grande Prêmio do Alabama será realizado no dia 1 de maio.

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.