Entre em contato conosco

Automobilismo

Rogério Santos Neto e Cris Pereira vencem em Hockenheim pelo Porsche Esports

Publicado:

em

Porsche Esports Sprint Challenge

Raphael De Leo e Rogério Santos Neto chegam à final separados por apenas 19 pontos

Compartilhe esta publicação

A quarta etapa da Porsche Esports Sprint Challenge, em Hockenheim, neste sábado trouxe grandes disputas no principal campeonato de esports brasileiro. Raphael de Leo viu a vantagem sobre Rogério Santos Neto cair para somente 19 pontos, faltando uma etapa para o fim.

Os espectadores viram disputas fantásticas com Rogério Santos Neto vencendo a corrida 1 e a prova 2 decidida na linha de chegada após um belo embate entre Lucas Murno e Cris Pereira, com Pereira levando a melhor.

Lucas Murno foi o pole position, seguido por Rogério Santos Neto, vencedor na etapa de Ímola. Na largada Murno e Neto mantiveram suas posições, na curva 2 o líder do campeonato Raphael de Leo e Lucas Volotão se chocaram.

Enquanto isso Lucas Murno e Rogério Santos Neto abriam vantagem sobre Ronaldo Carlos, o terceiro colocado. A briga no top-10 era quente, na terceira volta Felipe Iazzetti, Diego Marcel e Diego Freitas faziam o three wide na luta pela oitava colocação.

Na curva 4 Marcel e Freitas ultrapassaram Iazzetti que caiu quatro posições, na sequência Osmar Camargo perdeu o controle no miolo do circuito e acabou sendo acertado por mais quatro carros.

Após 10 minutos de prova o top-3 era formado pelo líder Lucas Murno, Rogério Santos Neto e Ronaldo Carlos.

Na sequência João Brito e Luan Hott superaram Carlos na luta pelo terceiro posto, Murilo Biscaro também tentou superar o piloto do carro #4, houve o toque e Ronaldo caiu para o 15º lugar.

Na metade dos 30 minutos regulamentares de prova o duelo pela liderança seguia equilibrado, Murno era pressionado por Neto, a diferença era inferior a meio segundo.

Neste momento Cris Pereira que vinha na décima posição foi punido após uma batida com Diego Marcel, com isso João Augusto assumiu a posição que valia a primeira colocação no grid de largada da segunda corrida.

Faltando menos de 10 minutos para o fim o líder da Porsche Sprint Challenge Raphael de Leo foi punido com uma passagem pelos boxes devido ao incidente na primeira volta. Neto seguia pressionando Murno, mas sem chance de ultrapassar.

A luta pelo terceiro lugar era quente, Luan Hottt e Murilo Biscaro tentavam atacar João Brito, o piloto se defendia com maestria. Na volta seguinte, Brito foi abalroado por Lucas Alves, com isso Luan Hott assumiu a terceira posição.

Faltando três minutos para o fim Rogério Santos Netto assumiu a liderança após pressionar Murno durante toda a corrida e forçar o erro do piloto do Porsche #95. Neste momento Cris Pereira fazia uma recuperação incrível e mesmo tendo que pagar uma punição retomava seu lugar no top-10.

Após 18 voltas completadas Rogério Santos Neto recebeu a bandeira quadriculada, Lucas Murno foi o segundo colocado enquanto Luan Hott, Murilo Biscaro e Diego Freitas completavam o top-5.

Na segunda bateria, com grid invertido entre os 10 primeiros colocados, Cris Pereira e Felipe Sousa formavam a primeira fila. Na largada Pereira manteve a ponta, Sousa ainda tentou a ultrapassagem no hairpin da curva 4 mas Pereira conseguiu retomar a liderança.

Ainda na curva 4 houve um acidente múltiplo, Sousa caiu para o último lugar e vários pilotos abandonaram. Neste momento Pereira era o líder, Mathias de Valle, Lucas Murno e Rogério Santos Neto vinham logo atrás.

Na luta pelo 13º lugar Felipe Iazzetti, Luan Hott, Ronaldo Carlos e Diego Freitas faziam uma batalha maravilhosa e se alternavam nas posições ao longo das voltas.

Na luta pelo primeiro lugar Cris Pereira mantinha uma vantagem de sete décimos sobre Valle, enquanto isso Rogério Santos Neto já figurava na terceira colocação e Raphael de Leo assumia o oitavo lugar com uma ultrapassagem por fora na curva da vitória e escalava o pelotão.

Na metade da prova Mathias de Valle pulverizou a vantagem de Cris Pereira e passou a atacar o líder, com a briga Rogério Santos Neto se aproximou e a diferença entre os três primeiros colocados era inferior a um segundo.

Lucas Murno era outro piloto que entrava na briga e se colocava em terceiro, superando Neto com uma manobra por dentro na curva quatro, na mesma volta fez uma ultrapassagem magnífica por fora na curva do estádio sobre Valle e assumiu o segundo lugar. Murno ainda se aproximou do líder na última volta e com uma chegada espetacular, decidida na bandeira quadriculada, Cris Pereira conquistou a vitória.

A próxima etapa da Porsche Esports acontece no dia 14 de dezembro, em Interlagos, valendo o título da Sprint Challenge.

O Porsche Esports Program Brasil é uma iniciativa da Porsche Brasil e Porsche Cup Brasil, com patrocínio da TAG Heuer, Pro Racing Simuladores, P1Speed e parceria técnica com IRB e-Sports.

O que eles disseram:

“Foi uma corrida muito boa, esperava um P4 na primeira corrida da bateria, meu objetivo era fugir das confusões e disputar no final, no fim o P3 caiu no meu colo. Fui com garra e correndo pra cima, foi ótimo. Na corrida 2 infelizmente tomei um toque que me tirou da disputa.”

Luan Hott – Youracerbr Esports

“Estou vivendo uma semana incrível, tanto no automobilismo real e no virtual. Não esperava essa vitória, estou jogando com um equipamento diferente do meu habitual. Não larguei bem na primeira bateria e consegui sobreviver dentro do top10. Largando da pole na segunda bateria, eu trabalhei para manter o carro na pista e ser o mais constante possível, deu tudo certo.

Cristian Pereira – Youracebr Esports

“É complicado ficar no quase duas vezes, mas na temporada que estou vivendo, onde tive toques e muita dificuldade para me adaptar ao simulador novo. Não esperava a pole, ela veio em um momento que eu não esperava. Eu e o Rogério estávamos mantendo o ritmo e o desempenho, por uma posição a primeira corrida ficou com ele, a segunda prova também terminou em um P2 depois de sobreviver ao meio do pelotão. Sabia que cada oportunidade era importante para conseguir um bom resultado.”

Lucas Murno – Bordoms Snow Schatten

“Muito feliz com o resultado, estou em uma ótima sequência de resultados ultimamente, os bons pontos hoje me colocaram em condição de brigar pelo título com o Raphael. Parabéns ao Lucas pelo desempenho também nas duas corridas, consegui a vitória depois do slow down dele. A segunda foi mais difícil, consegui me dar bem desviando do pelotão, tive que ser cauteloso pelas punições ao longo da prova e consegui meu segundo pódio da etapa.”

Rogério Santos Neto – Jegteam Racing

Corrida 1:

  1. Rogério Santos Neto
  2. Lucas Murno
  3. Luan Hott
  4. Murilo Biscaro
  5. Diego Freitas
  6. Mathias de Valle
  7. Diego Marcel
  8. João Augusto
  9. Felipe Sousa
  10. Cristian Pereira

Corrida 2:

  1. Cristian Pereira
  2. Lucas Murno
  3. Rogério Santos Neto
  4. Murilo Biscaro
  5. Raphael de Leo
  6. João Brito
  7. Guilherme Meirelles
  8. Mathias de Valle
  9. Lorenzo Roth
  10. Diego Freitas

Campeonato (top10)

1.Raphael De Leo – 232 pontos

  1. Rogério Santos Neto – 213
  2. Lucas Murno – 155
  3. Mathias de Valle – 153
  4. Luan Hott – 143
  5. Murilo Biscaro – 141
  6. Felipe Iazzetti – 122
  7. Guilherme Meirelles – 116
  8. Cristian Pereira – 115
  9. Diego Marcel – 111

 

Via assessoria de comunicação: Luis Ferrari e Guto Mauad

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.