Entre em contato conosco

Fórmula 1

Max Verstappen vence em Mônaco

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação

Max Verstappen (RBR) largou da segunda posição, mas sem Leclerc (Ferrari) na frente, conseguiu segurar Bottas (Mercedes), garantiu a primeira posição, e assim foi até o final da corrida. O holandês além de garantir a vitória em Mônaco, agora lidera o campeonato mundial de pilotos, quatro pontos à frente de Hamilton (Mercedes), que foi apenas o sétimo hoje, mas fez o ponto extra da volta mais rápida.

“É muito especial vencer, é o primeiro pódio para mim aqui. Eu estava no controle, foi só questão de gerenciar os pneus” revelou Verstappen

O domingo foi de emoções mistas na Ferrari. Leclerc havia feito a pole no sábado e batido o carro e depois de duas análises, não foi constatado nenhum dano na caixa de câmbio, se a peça tivesse que ser trocada, o monegasco perderia cinco posições no grid.

Com a pole confirmada, Leclerc saiu dos boxes para o grid, mas no segundo setor algo não estava bem e o piloto voltou aos boxes e de lá não saiu mais, foi obrigado a abandonar sem nem mesmo largar.

Sem Leclerc, as fichas da Ferrari estavam em Carlos Sainz, que fez excelente prova e ainda contou com problemas no pit stop de Bottas para ser o segundo colocado e chegar ao primeiro pódio na nova equipe.

Imagem: Scuderia Ferrari

“É um bom resultado, se você me dissesse antes de vir para Mônaco que eu terminaria em segundo, eu torceria para ser verdade. A Ferrari, como equipe, precisa se orgulhar do carro e do avanço que tivemos”, disse Sainz.

Outro piloto que se beneficiou dos problemas de Bottas foi Lando Norris (McLaren), que estava em quarto e subiu para terceiro e conquista o segundo pódio na temporada.

“É um sonho estar no pódio aqui, é especial. Eu vou valorizar para sempre”, comentou Norris.

Imagem: McLaren

O final de semana em Mônaco pode ser um para ser esquecido para a Mercedes. Lewis Hamilton teve dificuldades com o carro na classificação e hoje a estratégia da Mercedes de parar antes do carro da frente, no caso Gasly (AlphaTauri), e tentar undercut não funcionou e o heptacampeão terminou em sétimo. Já Bottas largou em terceiro, mas um pit stop desastroso fez com que o finlandês abandonasse a corrida.

Um piloto que conhece muito bem as ruas de Mônaco, já foi pole duas vezes, venceu uma e também teve um GP para esquecer é Daniel Ricciardo (McLaren). O australiano largou e terminou em 12º e se disse confuso e frustrado com o desempenho no final de semana.

Já a Red Bulll tem mais um motivo para comemorar, além de vencer com Max, Sergio Pérez foi bem, terminou em quarto e agora a equipe lidera o mundial de construtores com um ponto a mais que a Mercedes.

Apesar de uma corrida sem ultrapassagens e sem muitas disputas, Sebastian Vettel (Aston Martin) teve um bom domingo. O tetracampeão terminou em quinto e ainda foi eleito o piloto do dia pelos fãs da F1. O companheiro de Vettel, Lance Stroll terminou em oitavo, garantindo os dois carros na zona de pontuação.

Imagem: Fórmula 1

O top 10 teve também Pierre Gasly em sexto, Esteban Ocon (Alpine) em nono e Antonio Giovinazzi (Alfa Romeo) em 10º.

A Fórmula 1 volta daqui 15 dias para GP do Azerbaijão, nas ruas de Baku, no dia 6 de junho.

Imagem: Reprodução/F1

Compartilhe esta publicação