Entre em contato conosco

Fórmula 1

Max Verstappen é punido por acidente com Lewis Hamilton

Publicado:

em

Verstappen
Compartilhe esta publicação

A direção de prova do Grande Prêmio da Itália considerou Max Verstappen (RBR) predominantemente culpado do acidente entre o holandês e Lewis Hamilton (Mercedes) durante a corrida de hoje.

Verstappen foi penalizado com a perda de três posições no grid do próximo GP, que acontece na Rússia no dia 26 de setembro, e o piloto também leva dois pontos na superlicença.

“Os comissários escutaram o piloto do carro 33 (Max Verstappen), o piloto do carro 44 (Lewis Hamilton) e os representantes das equipes, revisarão as evidências em vídeo e determinarão que piloto do carro 33 é predominantemente culpado pela colisão com o carro 44 na curva 2”, disse o documento emitido pela direção de prova.

Hamilton tinha acabado de fazer a parada para a troca dos pneus e voltou a pista no momento que Verstappen passava pela reta dos boxes e os dois chegaram lado a lado na curva 1.

Verstappen colocou sua Red Bull por fora, mas Hamilton estava à frente quando os dois entraram na curva 2 e os dois colidiram, o que tirou o carro do holandês do chão e jogou no ar para cima da Mercedes do heptacampeão. Os dois acabaram na brita e fora da corrida.

Carro de Verstappen por cima de Hamilton

Halo salvou a vida de Hamilton – AFP

“Durante a reunião, o piloto do carro 33 afirmou que a culpa era do piloto do carro 44, que abriu o volante na curva 1 e o espremeu na curva 2. O piloto do carro 44 disse que o do 33 tentou ultrapassar tarde demais e deveria ter desistido da curva”, relataram os comissários.

“Na opinião dos comissários, a manobra do carro 33 veio tarde demais, não havia espaço. E enquanto o piloto do carro 44 poderia ter virado mais o volante para evitar o acidente, os comissários determinaram que sua posição era razoável e, portanto, determina que o piloto do carro 33 é predominantemente culpado pelo incidente”, concluiu o documento oficial.

A punição a Verstappen deve incentivar a Red Bull a fazer a troca da unidade de potência do carro do holandês. Como seria esse o quarto motor na temporada, o atual líder do campeonato acabaria sendo punido, já que as regras permitem apenas três unidades por ano, e largaria do final do grid.

Compartilhe esta publicação