Entre em contato conosco

Motor

Casagrande mantém a liderança do campeonato; Salas e Thiago Camilo são os vencedores da 10ª etapa em Velocitta

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação

A Stock Car realizou neste domingo (24) no autódromo de Velocitta a 10ª etapa da temporada de 2021. Guilherme Salas converteu sua pole em uma vitória na corrida 1 e, além disso, foi o maior pontuador da etapa, com 46 pontos. Thiago Camilo foi o destaque na segunda prova do dia, com uma ótima estratégia nos boxes, não deu chances a ninguém e levou para casa sua 35° vitória na categoria. Na briga pelo título, Daniel Serra segue em segundo lugar, atrás de Gabriel Casagrande, que se mantém líder do campeonato.

 

Resumo da Corrida 1

Antes da largada todos esperavam chuva, o que acabou por não se concretizar. O início da corrida teve de ser anulada, sendo feita a partir da volta seguinte, porém com os 30 minutos já em andamento. Com a prova iniciada, Salas se manteve na frente com Zonta em segundo.

Nas voltas seguintes, Felipe Massa recebeu a informação de que havia sido punido com um drive through, punição essa que recebeu por ter queimado a largada, em razão disso, resolveu recolher seu carro para os boxes e focar na segunda prova do dia.

Com dez minutos de corrida, Salas se mantinha a frente sem nenhuma pressão de seus adversários, abrindo mais de 1s sobre Zonta, que era seguido por Ramos, Camilo e Nunes. O líder do campeonato, Casagrande, era o sexto colocado, enquanto isso Serra ocupava a oitava posição sendo seguido de perto pelo seu companheiro de equipe, Ricardo Maurício.

A janela de parada nos boxes teve início com 17 minutos para o fim da corrida. Os pilotos que optaram por parar logo após a abertura escolheram uma estratégia de apenas trocar os pneus, sem reabastecimento, com a excessão do piloto da Full Time, Tony Kanaan.

Após o fim das paradas obrigatórias, Salas e Zonta se mantiveram na ponta, saindo colados dos boxes, Ramos ainda era terceiro, com Nunes em quarto e Daniel Serra completando o top 5. Casagrande perdeu várias posições e caiu para 10° atrás de Campos.

No fim, depois de uma briga com Zonta pela vitória, o piloto da KTF saiu vitorioso, abriu distância, fez a volta mais rápida e venceu a corrida 1. Ricardo Zonta ficou com o segundo lugar e César Ramos completou o pódio.

 

Resumo da corrida 2

Com o grid invertido para a segunda corrida, o líder do campeonato Gabriel Casagrande pode sair na frente. A largada foi bastante conturbada, com várias batidas que resultaram em danos pelo grid e abandonos, dentre eles, Ricardo Maurício, Átila Abreu, Danilo Dirani e Cesar Ramos.

Por conta de toda confusão, a direção de prova precisou acionar o safety car para a retirada dos detritos da pista. A bandeira verde foi dada já com 23 minutos para o fim. Neste momento, Casagrande segue líder, com Di Mauro em segundo e Khodair em terceiro.

Bruno Baptista foi obrigado a abandonar com problemas na suspensão de seu carro, isso o levou a perder o controle forçado a entrada do safety car pela segunda vez na prova.

A janela de parada foi acionada com 14 minutos para o fim, com ela se encerrando já no momento final da corrida. O novo líder era Thiago Camilo, que abria uma boa vantagem sobre Casagrande, que se envolvia em uma briga com Daniel Serra pela segunda posição.

A última volta ainda proporcionou mais um incidente, dessa vez com Beto Monteiro, que teve de sair às pressas de seu carro que estava pegando fogo, felizmente sem maiores problemas para o piloto.

No final, Thiago Camilo cruzou a linha de chegada em primeiro, para vencer a corrida 2 de Velocitta, encerrando a 10ª etapa da temporada. Gabriel Casagrande conseguiu segurar as investidas de Allam Khodair durante o restante final para chegar em segundo, com o piloto da Blau em terceiro.

Em entrevista, Gabriel Casagrande ficou satisfeito com o resultado, e acredita que está no caminho certo para seu primeiro título: “A gente está cada vez mais perto do objetivo. Seguimos muito próximos do vice-líder, o Daniel (Serra). Vai ser uma briga muito complicada com ele, que já sabe a receita, ganhou três títulos e sabe o que fazer. Eu estou tentando o meu primeiro, não é fácil. Mas vamos com tudo” disse Casagrande.

“Só tenho que agradecer à equipe por tudo o que eles têm feito por mim, eu tenho um carro muito bom, que me ajuda a brigar pelas primeiras posições. Vamos fazer de tudo para manter a liderança até o final”, encerra o piloto, atual líder do campeonato.

A 11ª etapa da Stock Car Pro Series acontece dia 21 de setembro e será realizada em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul.

Classificação do campeonato (top 10)

 

1º – Gabriel Casagrande – 309 

2º – Daniel Serra – 296

3º – Ricardo Zonta – 251 

4º – Rubens Barrichello – 251

5º – Ricardo Maurício – 243 

6º – Cesar Ramos – 240 

7º – Thiago Camilo – 236 

8º – Átila Abreu – 213

9º – Allam Khodair – 204 

10º – Diego Nunes – 194 

 

Resultado da corrida 1:

 

1º – Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – 19 voltas

2º – Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla) – a 1s444

3º – Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – a 2s979

4º – Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – a 4s753

5º – Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – a 9s348

6º – Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – a 10s762

7º – Gaetano di Mauro (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – a 12s642

8º – Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – a 13s083

9º – Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – a 13s707

10º – Gabriel Casagrande (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – a 14s826

 

Resultado da corrida 2:

 

1º – Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla) – 18 voltas

2º – Gabriel Casagrande (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze) – a 1s476

3º – Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze) – a 1s842

4º – Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze) – a 2s334

5º – Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze) – a 2s859

6º – Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla) – a 3s087

7º – Guilherme Salas (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – a 3s634

8º – Gaetano di Mauro (KTF Racing/Chevrolet Cruze) – a 5s777

9º – Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla) – a 8s018

10º – Lucas Foresti (KTF Sports/Chevrolet Cruze) – a 9s205

Compartilhe esta publicação