Entre em contato conosco

Luta

UFC 251 teve cinturões em disputas e card recheado de brasileiros

Publicado:

em

kamaru-usman-ufc-251
Compartilhe esta publicação
 Kamaru Usman, Alexander Volkanovski e Petr levaram os cinturões das suas respectivas categorias para casa no UFC 251

O UFC 251 foi realizado na Ilha da Luta em Abu Dhabi e contou com três disputas de cinturões, além de vários brasileiros no card. Na luta principal da noite o nigeriano Kamaru Usman impôs seu jogo e manteve o cinturão dos meio-médios frente a Jorge Masvidal. Na co-luta principal o australiano Alexander Volkanovski manteve o titulo dos penas ao derrota Max Holloway mais uma vez. 

O brasileiro José Aldo foi em busca do cinturão dos galos, mas o russo Petr Yan mostrou muita resistência e um excelente jogo de boxe. Yan venceu por nocaute técnico no quinto round. Ademais, um fato que está gerando polêmica é que Aldo levou mais de 60 golpes até que o árbitro Leon Roberts interromper a luta, dessa forma gerou críticas do presidente do UFC Dana White.

As vitórias brasileiras ficaram por conta de Amanda Ribas que atropelou Paige VanZant, Leo Santos e Raulian Paiva  passaram pelos seus adversários russos e Karol Rosa, essa última vencendo a compatriota Vanessa Melo. Assim, também tivemos outras derrotas, em luta parelha Elizeu Capoeira foi superado por Musli, Salikhov, já na outra revanche da noite, Jéssica Bate-Estaca acabou sucumbindo perante Rose Namajunas.

RESULTADOS OFICIAIS UFC 251
CARD PRINCIPAL
Kamaru Usman venceu Jorge Masvidal por decisão unânime (50-45, 50-45, 49-46);

Alexander Volkanovski venceu Max Holloway por decisão dividida (47-48, 48-47, 48-47);

Petr Yan venceu José Aldo por nocaute técnico aos 3m24s do 5º round;

Rose Namajunas venceu Jéssica Andrade por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Amanda Ribas venceu Paige VanZant por finalização (chave de braço) aos 2m21s do 1º round.

CARD PRELIMINAR
Jiri Prochazka venceu Volkan Oezdemir por nocaute aos 49s do 2º round;

Muslim Salikhov venceu Elizeu Capoeira por decisão dividida (30-27, 29-29, 29-28);

Makwan Amirkhani venceu Danny Henry por finalização (triângulo de mão) aos 3m15s do 1º round;

Leonardo Santos venceu Roman Bogatov por decisão unânime (29-26, 29-26, 29-26);

Marcin Tybura venceu Maxim Grishin por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26);

Raulian Paiva venceu Zhalgas Zhumagulov por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28);

Karol Rosa venceu Vanessa Melo por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-27);

Davey Grant venceu Martin Day por nocaute aos 2m38s do 3º round.

Compartilhe esta publicação