Entre em contato conosco

Brasileirão

Quem deve ser o companheiro de Casemiro: Gerson ou Bruno Guimarães?

Publicado:

em

Gerson ou Bruno Guimarães

A dupla carioca luta em busca de espaço no meio de campo da seleção Brasileira.

Compartilhe esta publicação

 

O Brasil conta com uma ótima safra de meios campistas jovens e modernos em seu futuro plantel: Arthur, Matheus Henrique, Thiago Maia e Paquetá. Contudo, os jogadores que estão causando debate nos bares, internet e mesas redondas por aí são: Gerson e Bruno Guimarães.

Contudo, a dupla conta com algumas semelhanças, ambos nasceram no Rio de Janeiro, tem 1,82m e já jogaram no Flamengo e Fluminense, claro com diferentes desfechos. Mas, qual é o motivo dessa discussão? Simples, quem deve atuar ao lado de Casemiro.

Gerson: box to box do Vapo-Vapo

Gerson vive ótimo momento no Flamengo, em seis meses, caiu nas graças da torcida e venceu Copa Libertadores e Brasileiro com grande protagonismo, um verdadeiro Vapo-Vapo. Atuando como box to box, função dada ao jogador que marca, constrói, transita e finaliza.

Dessa forma, o camisa 8 rubro-negro recuperou seu bom futebol em solo carioca. Com Jorge Jesus, o meio campista vem atuando com mais liberdade dentro de campo, pois, flutua bem pela faixa central, realiza transição de jogo entre defesa e ataque, além de chegar bastante na área adversária.

Imediatamente, o jogador voltou ao radar do mercado internacional, com interesse de Chelsea, Tottenham e Borussia Dortmund. A possibilidade de voltar para Europa existe, dessa forma, conseguir apagar sua primeira passagem pelo futebol europeu, com insucesso por Roma e Fiorentina.

Foto: Reprodução/Alexandre Vidal/Flamengo

Bruno Guimarães ou simplesmente Bruxo Guimarães

Bruno Guimarães teve um início meteórico e saiu do Athletico Paranaense para o Lyon, com 22 anos, sendo peça fundamental nos títulos da Copa Sul-Americana 2018 e Copa do Brasil 2019 do Furacão. Além, do ótimo pré-olímpico, onde foi capitão da seleção brasileira.

Versatilidade e liderança definem o BG39, atualmente jogador do Lyon, já atuou em diferentes posições na época de Athletico: lateral direito, zagueiro e consagrou-se como segundo homem do meio de campo. Com Tiago Nunes, o meia atuava na faixa central caindo pelo lado esquerdo, realizando distribuição rápida e dobradinhas com Renan Lodi, dessa forma, chegando bem ao ataque, já que possui uma boa chegada na área.

Posteriormente, sua liderança apesar de pouca idade é notória dentro de campo. Exemplos claros como: Capitão da seleção pré-olímpica, decidindo partidas como contra o Flamengo, além de marcar na final contra o Internacional pela Copa do Brasil, um jogador maduro de 22 anos.

Bruno é um jogador interessante para o futebol europeu, boa leitura de jogo, firme, ótimo passe curto, longo e verticais, algo nítido logo em sua chegada ao Lyon. Em apenas 5 jogos, o Bruxo manteve uma taxa de pelo menos 80% de lançamentos certos. Em menos de seis meses, já surge clubes interessados em seu futebol, como Barcelona.

Foto: Divulgação/Agência Brasil

Vantagens de atuar com Bruno Guimarães

Tite busca versatilidade, contar com um jogador que consegue atuar em diferentes posições é essencial, Bruno pode atuar como líbero em um esquema de 3 zagueiros ou em alguma das três posições do meio de campo visando um time mais dinâmico, vertical e com amplo domínio em relação ao adversário. Algo que falta em Fabinho e Arthur.

Vantagens de atuar com Gerson

Adenor gosta de jogadores com entrega tática e múltiplas funções, o Vapo-Vapo conta com físico vigoroso, bom passe e uma ótima finalização de esquerda, resumindo, consegue ser um jogador que chega bem a frente distribui com boa qualidade e no momento ofensivo, aumenta numericamente o ataque da seleção, algo que Tite tenta com Lucas Paquetá, ainda sem sucesso.

Dessa forma, Tite terá uma grande dor de cabeça ao montar esse futuro meio de campo, nível técnico de ambos é gigante e a taxa de crescimento tático e técnico maior ainda.

Então, qual é a melhor dupla? Casemiro e BG ou Casemiro e Vapo-Vapo? Eis a questão.

Vinícius Mota

Compartilhe esta publicação