Entre em contato conosco

Brasileirão

Inter vence em São Januário e Vasco entra na zona

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação

  E Vascão, hein?! Outra vez buscando o descendo, que fase… Espero que continue, vocês que lutem! Sem mimimi, o que vale é bola na rede! Outra vez o Internacional tendo de aguentar as consequências alheias, erros e falhas alheias e levando a culpa. Quando o Inter esboça alguma reclamação, aí não vale, não condiz com tal ato e por aí vai. Nada de novo sob o sol, azar é o deles e não o nosso. Olho por olho, dente por dente.

 O eco que faz na cabeça de quem visualiza a possibilidade de o colorado ser campeão é gritante, a possibilidade de o Inter ser campeão está causando tanto incômodo quanto no churrasco entre amigos tocar apenas menos é mais a tarde toda. A missão alvirrubra era vencer, arrancar três pontos, tchau e benção. O Cruz-Maltino precisava pontuar para não flertar com a zona e assim, tendo que matar a carência das sobrinhas da tia Carmen. Entrou pelo Cano e foi tudo para o ralo, só lamento.

Pênalti mandrake NÃO entra. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

 Clube do povo marcou os dois gols da vitória JUSTA, por incrível que pareça, Marcelo Lomba mal trabalhou neste jogo. Não sujou o uniforme. Gols de Dourado e Galhardo, o segundo citado, retornando e balançando as redes outra vez brigando pela artilharia do campeonato. Agora o foco é o Flamengo, arrancar um empate fica bom, porém, vencendo fica espetacular, queremos a vitória doutor Abel.

O artilheiro colorado retornou, marcou gol, homenageou sua avó. Fé que o tetra vem. Nós por nós. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

Ficha Técnica:

Vasco (0): Fernando Miguel; Léo Matos (Yago Pikachu), Ricardo Graça, Leandro Castan e Henrique (Neto Borges); Bruno Gomes (Juninho), Leonardo Gil e Carlinhos; Martín Benítez, Germán Cano e Talles Magno. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Internacional (2): Marcelo Lomba; Rodinei, Lucas Ribeiro, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado (Johnny) e Edenilson; Mauricio (Rodrigo Lindoso), Bruno Praxedes (Nonato) e Caio Vidal (Thiago Galhardo); Yuri Alberto (João Peglow). Técnico: Abel Braga.

Gols: Rodrigo Dourado, aos 9 minutos do primeiro tempo, e Thiago Galhardo, aos 50 minutos do segundo tempo (I).

Cartões amarelos: Bruno Gomes (V). Rodinei, Moisés, Victor Cuesta e Mauricio (I).

Arbitragem: Flávio Rodrigues de Souza (SP), auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Alex Ang Ribeiro (SP); Quarto árbitro: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ); Árbitro de Vídeo (VAR): José Cláudio Rocha Filho (SP); Auxiliares do VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP) e Fabrício Porfirio de Moura (SP).

Estádio: São Januário, Rio de Janeiro (RJ).

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.