Entre em contato conosco

Brasileirão

Inter, um eterno Robin Hood

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação

 A banca paga e recebe, por vezes, sem juros. Dentro de casa, os pupilos de Abel Braga tiveram a audácia de entregar três pontos para o Sport Recife, tal qual veio para a capital gaúcha babando apenas por um ponto e foram presenteados logo com três. Partida onde deu tudo errado, especialmente depois da expulsão estupidamente juvenil de Uendel, ao impedir contra-ataque da equipe da ilha do retiro. Ontem sentimos a falta de Moisés, que barbaridade!

 Detalhe antes da primeira desgraça acontecer: antes de o camisa 6 cometer a burrice na qual obteve o prejuízo, ocorria uma blitz colorada. Um festival de chances e ataques, porém sem resultar em gols. Time que luta por taça não pode baixar a guarda para ninguém. Ainda mais contra quem briga na parte debaixo da tabela. Ah, Internacional… Quem não te conheça que te compre, meu Robin-Hood favorito. Ganharam do rival, São Paulo e Bragantino e se renderam ao Sport. Patrick Choco tentou ajudar, no entanto os companheiros não colaboraram.

Coloquem SIM a derrota nas contas de: Uendel, Marcelo Lomba, Rodrigo Dourado.

única lei possivel. Patrick, o melhor jogador do Inter na temporada. Foto: Ricardo Duarte/Internacional

     FOCO NA MISSÃO E BOTA BATER CABEÇA COM AS PROJEÇÕES

 Agora é juntar os cacos e buscar três pontos contra o Vasco da Gama, indiretamente torcer por resultados paralelos na próxima rodada. A briga será apenas contra o Flamengo. Atlético-MG e São Paulo, com todo o respeito brigarão por G4 e vaga direta na LA deste ano.

 Esqueçam os outros, os lances bizarros, esqueçam de parar e pedir toque ou sei lá o que, esqueçam o VAR, a arbitragem porca brasileira. A cara tem de arder por vergonha e mirar a taça. E lá vai o torcedor simular resultados e possibilidades. Acaba logo, Brasileirão

 MENÇÃO HONROSA: Inter, sendo campeão ou não; necessita de uma limpa. Começando pelo goleiro, sim, torcedor, pelo goleiro. Chega de Marcelo Lomba… Ninguém aguenta mais! Obrigado pelos serviços prestados, tchau e benção.

 Foco total no Vasco, domingo às 16h para recuperar a dignidade.

Até lá, tchê!

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.