Entre em contato conosco

Automobilismo

Desesperada, Mercedes adianta atualizações para Miami

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação

A Mercedes segue procurando respostas para seus graves problemas de ritmo, velocidade, porpoising e desgaste de pneus de seu mal nascido, porém ambicioso W13.

Apesar de Russel e Hamilton pontuarem de forma regular nas quatro etapas realizadas até agora, não podemos basear tudo apenas no talento de seus pilotos. Ficou muito claro que apenas devido a várias intecorrências durante as etapas os colocaram nestas posições sendo uma prova disso Hamilton marcando apenas 28 pontos e ao comparar com o ano anterior após quatro etapas somava excelentes 94 pontos.

Com problemas na pista, as atenções da Mercedes estão voltadas para o HQ

O time de Brackley irá antecipar a maioria de suas atualizações já para o GP de Miami para tentar se aproximar da Mclaren, que apesar de estar atrás no campeonato de construtores, apresenta um ritmo muito melhor que as Mercedes. Mas será que é uma boa estratégia?

Claro que ter atualizações implementadas o quanto antes é interessante, uma vez que pior que está, não fica. No entanto, se considerarmos o calendário normal de atualizações das demais equipes Barcelona, próxima etapa do campeonado, seria a opção ideal onde todos tem alguma referência dos testes de pré-temporada. Logo comparar performance fica muito mais fácil.

Agora Miami será uma grande incógnita para todos, um circuito cheirando a carro novo, apresentará um grande desafio para fazer qualquer tipo de conclusão e, caso apresentar um resoltado expressivo, até que ponto poderá ser levado em conta?

Mercedes com grandes expectativas para etapa inaugural do GP de Miami

Andrew Shovlin, diretor de engenharia de pista da Mercedes, pontua: “Sabemos onde estamos no momento, sabemos que precisamos trabalhar para chegar onde queremos estar, mas como equipe, estamos muito focados no desafio de engenharia que são problemas que são novos para nós, que precisamos superar e entender, e há uma enorme quantidade de energia aqui voltada para isso.”

Insistindo que o progresso estava sendo feito, Shovlin acrescentou: “Mas, dia a dia, estamos avançando, estamos aprendendo mais sobre isso e espero que em breve, talvez em Miami, possamos começar a trazer algumas peças para o carro que esperamos dar nos uma indicação de que estamos indo na direção certa.”

Não esperamos resolver isso da noite para o dia, mas se pudermos ter uma pista de que estamos realmente indo ao fundo do que está acontecendo, ficaremos muito satisfeitos por estarmos apenas seguindo no caminho certo”, conclui.

Hamilton luta muito mas nada consegue em Ímola

O desenvolvimento do conceito ‘sem sidepod’ foi interrompido enquanto a equipe se esforça para resolver os problemas do porpoising, com o novo pacote  chegará a Miami.

Se essas atualizações produzirem ou não resultados desejáveis, pode ser determinante para a Mercedes continuar a desenvolver seu carro de 22, ou desistir da temporada e mudar o foco para o próximo ano.

 

Compartilhe esta publicação