Entre em contato conosco

Moto

Bautista vence em Assen após queda de Rea e Razgatlioglu

Publicado:

em

O piloto espanhol conquistou a liderança do Campeonato com vitória na Corrida 2 à frente de Locatelli e Lecuona
Compartilhe esta publicação

Na frente nas primeiras voltas da corrida, Toprak Razgatlioglu (Pata Yamaha com Brixx WorldSBK) e Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team WorldSBK) lutaram com Alvaro Bautista (Aruba.it Racing – Ducati), mas que acabou terminando cedo no Volta 6. Razgatlioglu largou na direita, mas permaneceu na pista, com Rea passando pela curva 1 pouco depois. A dupla colidiu na saída da curva com ambos os pilotos a forçados a abandonar a corrida, deixando Bautista livre para vencer sem dificuldades.

Queda entre os dois postulantes ao título marca corrida 2 em Assen

Bautista conseguiu se afastar na frente do pelotão para vencer por 8,7s à frente de Locatelli. Refletindo sobre sua vitória, ele disse: “Fui bastante rápido e bastante consistente. Às vezes eu apenas tentava relaxar porque via que a diferença estava aumentando muito. Comecei a cometer alguns pequenos erros, mas preferi manter o ritmo e me concentrar até o final. A consistência é a chave para esta temporada, especialmente porque Toprak e Jonathan são muito rápidos. Não acho que posso ganhar muitas corridas como fiz há três anos. Acho que este fim de semana foi muito importante para mim e para minha equipe. Em Aragon, tivemos uma configuração diferente na moto comparado aos testes de inverno. Naquela época, pensamos que poderia ser um bom desempenho. Aqui, lutei muito na sexta e no sábado e hoje minha equipe mudou um pouco o acerto. Esta manhã, encontrei uma boa moto para mim, uma moto fácil e mais competitiva. Agora, felizmente, encontramos um passo que me permite ir mais rápido.”

Andrea Locatelli foi segundo depois de passar Lecuona na volta 18, conquistando seu melhor resultado nas SBK até agora. Ele comentou: “Para mim é incrível terminar no pódio. Era nosso objetivo, e estamos aqui, conquistamos os pontos. Sinto muito pelo meu companheiro de equipe e Jonny, porque eles foram muito rápidos, mas esta é a corrida. Quando vi que tinha a possibilidade de subir ao pódio, tentei ao máximo diminuir a distância para o Iker e consegui terminar na frente dele. Agora, parece muito difícil alcançar Bautista, então precisamos melhorar um pouco mais.”

Bautista e Locatelli foram acompanhados no pódio por Iker Lecuona (Team HRC) em terceiro lugar. O estreante espanhol conquistou o seu primeiro pódio na SBK com a Honda. Reagindo ao seu primeiro pódio, ele disse: “Estou muito feliz, não esperava este pódio com certeza. Durante todo o fim-de-semana me senti muito rápido e muito bem com a moto. Tive alguns altos e baixos durante o fim de semana. Na primeira corrida, terminei em P5. Me sinto confortável com a moto, andando rápido. Na Superpole, novamente terminei em P5, mas mais perto dos melhores. Tentei usar um pouco mais de pneus nas primeiras voltas para abrir uma vantagem com o segundo grupo. Quando vi o acidente com Rea e Toprak, sabia que era minha oportunidade de ultrapassar Alvaro e Loca. Álvaro foi muito rápido; não consegui seguir próximo. Durante toda a corrida, com uma pequena diferença para Loca, mas no final não tive pneus porque os usei nas primeiras voltas, com isso ele me ultrapassou. Estou muito feliz, muito animado. Graças à equipe tive duas grandes quedas e eles consertaram a moto muito, muito rápido.”

Após a corrida, Razgatlioglu e Rea compartilharam seu ponto de vista sobre o incidente que os tirou da disputa pela vitória.

Rea disse: “Só um pouco frustrado. Entrando na curva 1, ele perdeu o ponto de freada e quase parou a moto para não sair da pista. Nesse momento, estava fazendo a curva muito lenta. Mantive minha linha normal e continuei com minha corrida. Eu entendo que é um acidente de corrida. Eu estava lá, estava na frente com a posição da favorável e senti que eu e Toprak perdemos uma boa corrida.”

Razgatlioglu comentou: “Tentei freiar com força na primeira curva e me afastei um pouco, mas não saí da pista. Estava virando também para a linha de corrida. Toquei na zebra, mas fiquei na linha de corrida, não voltei para dentro. Eu vi Jonny e ele foi muito rápido. Depois, caímos. Acho que para mim este é um incidente de corrida. Acho que Jonny precisava olhar para mim. Abri um pouco, fiquei na pista, mas ele não estava olhando. Ele acelerou e nós batemos juntos. Estou surpreso por cair com Jonny, normalmente ele não comete esse erro porque é uma lenda da SBK.”

Resultado da Corrida 2 em Assen:

1. Álvaro Bautista (Aruba.it Racing – Ducati)

2. Andrea Locatelli (Pata Yamaha com Brixx WorldSBK) +8.770s

3. Iker Lecuona (Equipe HRC) +11,580s

4. Alex Lowes (Kawasaki Racing Team WorldSBK) +13.329s

5. Scott Redding (BMW Motorrad WorldSBK Team) +14.672s

6. Axel Bassani (Motocorsa Racing) +17.490s

 

Classificação do Campeonato (após a Corrida 2 – Rodada 2):

1. Álvaro Bautista (ESP) Ducati (109 pontos)

2. Jonathan Rea (GBR) Kawasaki (91 pontos)

3. Toprak Razgatlioglu (TUR) Yamaha (64 pontos)

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.