Entre em contato conosco

Futebol

A volta do futebol perfeita para os Napolitanos.

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação

 

O futebol na Itália voltou e com dois grandes duelos, após a Juventus eliminar o Milan nas semifinais da Copa da Itália, foi a vez de Napoli e Internazionale travarem um grande duelo em busca pela última vaga de finalista. Vale recordar que a primeira partida aconteceu em 12 de fevereiro, com vitória por 1×0 do Napoli, gol de Fabián Ruiz.

Estádio San Paolo completamente vazio para a semifinal da Copa da Itália. Foto: Filippo MONTEFORTE/AFP

O partida foi jogada no Estádio San Paolo, em Nápoles com portões fechados, devido à medidas de isolamento social impostas, em decorrência da pandemia da Covid-19. A equipe de Milão se impôs logo nos primeiros minutos, e abriu o placar com Eriksen, o dinamarquês cobrou escanteio fechado, e contou com leve desvio do defensor napolitano Di Lorenzo, que traiu Ospina, e abriu o placar para os interistas.

A equipe nerazzurro ainda teve chances de ampliar o marcador com cabeçada de Lukaku e um forte chute de Candreva, ambos interceptados por Ospina. O goleiro napolitano ainda foi peça importante no gol de empate de sua equipe, após repor a bola para Insigne, que saiu em disparada no contra-ataque, com a zaga da Internazionale mal posicionada, ele encontrou Mertens na entrada da área, que não desperdiçou e empatou o marcador no final da primeira etapa.

Mertens comemora o gol de empate dos napolitanos. Foto: Francesco Pecoraro/AFP

O segundo tempo da partida ainda reservou chances para as duas equipes. Em lance na área interista, Insigne chutou rasteiro, tirando tinta da trave da meta defendida por Handanovič. Já a equipe da Internazionale teve grande chance com Eriksen, após belo passe de Alexis Sánchez, mas o camisa 23 foi parado por Ospina mais uma vez, fazendo ótima defesa.

A partida teve um sabor especial para Mertens, além do gol que assegurou a classificação à final de sua equipe, o belga se isolou como o maior artilheiro da história do Napoli, superando o eslovaco Marek Hamšík, com quem estava empatado com 121 gols.

O Napoli volta para disputar uma final de Copa da Itália após seis anos, na última oportunidade que teve, se sagrou campeão após vitória por 3×1 sobre a Fiorentina. Desta vez o adversário será a Juventus.

A Final será disputada no dia 17 de junho, as 16:00 Hrs, no Estádio Olímpico de Roma.

Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.