Entre em contato conosco

Luta

A ESTRELA DE JAMES NÃO BRILHA E COLÔMBIA TROPEÇA EM SUA ESTRÉIA

Publicado:

em

Compartilhe esta publicação
Entrar com favoritismo em uma competição nunca foi bom. Colômbia que o diga após esta estréia apagada na Copa América. Todos esperavam um show de bola com a volta de Falcão Garcia, após ter ficado fora da Copa do Mundo no Brasil, além de um espetáculo de James Rodrigues o camisa 10 do Real Madrid e da seleção colombiana. Mas, como nem tudo são rosas e se esquecem dos espinhos.. Pelo caminho encontraram um velho saco de pancadas, a seleção venezuelana, que, pelo visto, cansou de apanhar e deu a volta por cima. Conseguiu neutralizar a estrela do time, bloqueou o ataque, não muito perigoso dos colombianos e abriu o marcador. Um simples gol, que gerou uma vitória inédita sobre a Colômbia na Copa América.
Fonte: GazetaPress

É indiscutível o quanto a seleção da Colômbia deixou a desejar ao seu torcedor nacional, até mesmo para alguns de nós que admiramos o futebol do país vizinho e esperávamos muito, mais muito mais do que essa estréia gélida, apática e derrotada. O time sofreu muito com os contra ataques, deixaram vários espaços e foram castigados. A seleção venezuelana obrigou o goleiro Ospina a mostrar todo o seu talento, mas o castigou numa cabeçada indefensável do cara que contagiou os corações de seus torcedores, Rondón é o nome dele. Jogador que brilhou pelo lado vinotinto e caiu em lágrimas pela vitória coroada pelo seu gol.

Podemos observar uma partida muito truncada, repleta de faltas, mais vimos a bola parada do que rolando no Estádio El Teniente, em Rancagua. Sem contar no grande número de cartões amarelos, foram 7 no total, 3 para a seleção colombiana e os outros 4 para a seleção venezuelana. Talvez este foi o grande fator negativo do jogo, mais parecia uma disputa de cinturão pelo card preliminar do UFC. Este tipo de comportamento dos jogadores inibe o show de bola que os talentos tem a oferecer e o jogo vira aquele “na raça” que tanto falam e cobram em várias competições. Fator este que sobrou do lado da La Vinotinto, neutralizou os talentos e chamou pra raça. A Colômbia não conseguiu ao menos empatar o jogo e arrancar um pontinho sequer, findando assim, sua participação muito abaixo do que podem ainda demonstrar ao longo da competição.

Quem ainda acredita numa reação colombiana terá que torcer por uma partida impecável na próxima quarta-feira, pois o adversário é nada menos que o Brasil de Neymar. Será a hora do reencontro entre James e Neymar, estes que já se enfrentaram pelo clássico espanhol e o time culé em que atua o capitão brasileiro levou a melhor. E agora, James irá se jogar de cabeça e arrancar do Brasil a primeira vitória de Los Cafeteros? Eu espero que sim! 

Essa Copa no Chile ainda vai dar o que falar, ou melhor, já está repercutindo desde o empate entre Argentina e Paraguai, agora com esta derrota da Colômbia e mais, o sufoco que o Brasil tomou do Peru. É amigos, teremos fortes emoções como na Copa do Mundo, mas será que haverá goleadas históricas? Calma! Essa foi apenas a primeira rodada! #CopaChile2015
Compartilhe esta publicação
Clique para Comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.